quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Excursão para a Terra Santa

Contatos: Ir. Aparecida Borges - 9 8881-9519/ 9 9978-3056
Segue abaixo o roteiro da viagem:



domingo, 3 de dezembro de 2017

Terra Santa - Berço de nosso Senhor

Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam (Salmos 122:6).

Pelas leituras Bíblicas, mentalmente e pela fé, imaginamos o Senhor Jesus trilhando por caminhos rodeados de natureza com árvores de oliveiras, figueiras, tamareiras, pregando e ensinando com voz suave e acolhedora digna de um mestre amado,  o Messias prometido. E assim vemos o Nosso Senhor caminhar pelas ruas de Jerusalém, pela orla do Mar da Galileia, passar por Samaria, Jericó e demais cidades mencionadas nas histórias bíblicas.
Na Israel de hoje, tais cenários estão modificados. A Terra Santa, berço de Cristo, tornou-se uma nação que triunfa moderna e bela, tendo sua história e cidades reconstruídas, depois de tantas vezes destruída por um ódio irracional. A mistura de crenças é percebida por toda parte nos estilos e trajar de povos que se dividem principalmente em cristãos, judeus e mulçumanos. As cidades construídas sobre os montes exibem prédios de fachadas semelhantes entre si, revestidas de pedras calcárias de cores pálidas que variam em tons de bege mais claro e mais escuro. Pelas ruas uma enxurrada de pessoas, feito formigas, se entrelaçam aos vendilhões que insistem oferecendo lembranças da Terra Santa. O fluxo de peregrinos, mais parece um rio feito de pessoas, turistas que buscam por toda parte vestígios da presença de Cristo, o Senhor.
A voz do Mestre não está propriamente nos lugares que hoje podem ser palmilhados por seus seguidores desses tempos modernos. As águas do rio mudaram, o vento não é aquele mesmo que Ele outrora aquietou, o Jordão está cercado por construções, fazendo-o parecer uma piscina onde patos e gentes são separados por uma demarcação que divide as águas que mais adiante desaguam no Mar da Galileia.
O Mar da Galileia, este sim parece abrigar mais a lembrança de Nosso Senhor. As águas calmas, sopradas pelo vento, formam ondas minúsculas e fracas que tremulam inofensivas, mas mesmo assim nos fazem lembrar o dia em que o Mestre aquietou o mar e o vento. Remetendo-nos também as fugas de Jesus em barcos para o outro lado quando precisava afastar-se temporamente das pessoas. 
Ao longo dos anos e de tantas destruições sofridas pela nação, as marcas dos passos de Cristo, humanamente falando, foram apagadas. O cenário mudou quase que completamente, por isso a voz de Jesus precisa estar dentro de nós na peregrinação pelas ruas de Jerusalém e cidades circunvizinhas. O perfume de Cristo precisa ser sentido pela fé. Se o sonho de todo Cristão é pisar na Terra Santa, berço de nosso Senhor, não importa se na verdade existe um lugar apontado como sendo o Santo Sepulcro para visitação de católicos ou o Jardim da Tumba para visitação de evangélicos. Importa que Cristo ressuscitou dentre os mortos e vive para sempre. 
Portanto, se existe em nós o desejo de pisar o chão no qual Jesus pisou, andar por lugares por onde Ele andou, entrar no rio onde Ele foi batizado, contemplar o Mar onde ele ordenou que lançassem as redes e se sentir em Emaús ao lado do Mestre ressurreto é porque cremos que a sua palavra é a verdade e que Ele é o Senhor. Enfim, visitar Israel, é um sonho que todo Cristão deve, não somente ter, mas buscar realizar pedindo a Deus para torná-lo possível, apesar de todas as dificuldades sussurradas aos nossos ouvidos dizendo que este sonho é impossível de acontecer.

Jerusalém









Jordão






 Mar da Galileia




Emaus



sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Deus sempre age certo

Certa vez, um homem pediu a Deus uma flor e uma borboleta. Mas Deus lhe deu um cacto e uma lagarta. O homem ficou triste pois não entendeu o porquê do seu pedido vir errado. Daí pensou: também, com tanta gente para atender… E resolveu não questionar.
Passado algum tempo, o homem foi verificar o pedido que deixou esquecido. Para sua surpresa, do espinhoso e feio cacto havia nascido a mais bela das flores e a horrível lagarta transformou-se em uma belíssima borboleta.
Deus sempre age certo. O seu caminho é o melhor, mesmo que aos nossos olhos pareça estar dando tudo errado. Se você pediu a Deus uma coisa e recebeu outra, confie. Tenha a certeza de que Ele sempre dá o que você precisa, no momento certo.
Nem sempre o que você deseja, é o que você precisa. Como Ele nunca erra na entrega de seus pedidos, siga em frente sem murmurar ou duvidar. O espinho de hoje, será a flor de amanhã!


Fonte da mensagem:
https://www.belasmensagens.com.br/
Fotografia: Felipe Galdino

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Sou Contigo

Poesia de Margarete Solange

Não te apartes de tua boca
O livro de minha lei;
Esforça-te e tem bom ânimo
Conforme eu te mandei.
Para que tenhas o cuidado
De fazer tudo que está dito,
E teu caminho prosperar
Conforme o que está escrito.
Não temas, nem te assombres,
Eu te ajudo, sou contigo.
E o que te irrita e te perturba
Por mim será confundido.
Eu te esforço, te sustento
Te livro dos inimigos e
A nada reduzo
Os que pelejam contigo.
Quando passares pelas águas,
Elas não te afogarão;
E quando entrares no fogo
Te tomarei pela mão.
Desde o ventre te escolhi,
Com misericórdia te adotei;
Guarda no teu coração
As palavras que te dei.
Vou adiante de ti,
Todas as coisas eu faço,
Quebro arco, corto a lança,
Te animo no cansaço.
Revigoro tuas forças,
Transgressões eu desfaço;
Reedifico tuas ruínas,
Desato teus embaraços.
Formo no mar um caminho,
Porei água no deserto,
Aquieta-te e vem,
Sou Deus de longe e de perto.
Encho tua boca de bens,
Renovo tua mocidade;
Da perdição te redimo,
Saro toda enfermidade.
Conheço a tua estrutura
Porque do pó te tirei;
Me invocarás na angustia,
E eu te responderei.
Assim falou o Todo-Poderoso
Para seus servos escolhidos,
Através das escrituras
Reveladas aos seus ungidos.
São promessas que se cumprem
De geração em geração;
Ainda que passem o céu e a terra,
Essas palavras jamais passarão.
A Ele toda honra e toda glória
Porque é soberano, conselheiro,
Digno de adoração e louvores,
O único: fiel e verdadeiro!






imagem do site 
http://www.trinityjb.org/prayer-request-page.html
Poesia do livro: O crente não escolhe, 
é um escolhido.  Queima Bucha, 2011

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Uma mulher de muitas virtudes


Crônica de Margarete Solange em ação de Graças pela passagem de Aniversário da Missionária Aparecida Borges
Uma mulher corajosa de muitas virtudes que tem sido chamada, escolhida e ungida para liderar, pregar e ensinar. Em alguns momentos foi discriminada por ser mulher e ser nordestina. Todavia dessas duas particularidades não se envergonhar, ao contrário. Como obreira, procura manejar como convêm a palavra da verdade, e não se detém para lamentar as condições que lhe são impostas como fragilidade do ser humano, porque sabe que o poder de Deus se aperfeiçoa nas fraquezas de suas criaturas. 
Da fraqueza extrai fortaleza e triunfa em nome do senhor vencendo os gigantes. Pregando aqui, ali e além com  autoridade, como se com a sua voz lançasse rajadas de uma bazuca. E as suas pregações, por vezes, tem o sabor amargo do jiló.
Não teme o incerto, nem altura nem profundidade. Confiante na promessa de que o Senhor estará com ela todos os dias de sua vida. E assim, segue adiante, avançando cada vez mais, buscando semear em qualquer parte, seja à beira do caminho, entre espinhos, no meio de pedregais ou em boa terra. Onde tiver almas ali ela estará para cumprindo o ide do Senhor
Mulher admirável, valente, decidida zomba de Baal e de seus profetas. Chora, ora, desce a casa do oleiro para ouvir o seu Senhor falar. De cabeça erguida sabe entrar e sabe sair. Perante o ímpio não se dobra, mas diante do Todo-poderoso se inclina e se declara pequenina. E em resposta ao chamado de Deus responde:
– Eis-me aqui, Senhor.
 Dessa forma os corvos a alimenta, e o mar se abre para ela passar...
 A  pé enxuto
 Filha do Altíssimo, menina de seus olhos, ungida para vencer, por isso nenhuma ferramenta preparada contra ela prevalecerá. E quem contra ela sem causa se levantar, cairá em nome do Senhor.
Mulher corajosa e admirável tem o nosso respeito e carinho.
Aparecida Borges, que o Senhor te abençoe e te guarde, em todas as circunstancia, em todo tempo SEMPRE!


Texto de Margarete Solange 
escrito em 08/11/2014, 
editado em 06/11/2017

Aparecida Borges: uma trajetória de oração e pregação debaixo da graça de Deus










segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Libertação

             Composição de Sérgio Lopes

Quando tudo parecia ter chegado ao fim
E eu não tinha a menor esperança de ser feliz
Tempestades de dor e tristeza que eu enfrentei
Destruíram os sonhos e planos que eu construí
Quantas noites me ajoelhava sem poder falar
Eu não tinha coragem nem forças pra falar com Deus
Mas um dia ouvi sua voz me falando: "Não temas
Não há dor que na cruz eu não tenha vencido por ti"

O sangue de Cristo liberta de todo o pecado
A cruz do calvário é o começo da nossa vitória
A palavra de Deus é a nossa arma de guerra
E o poder de Deus nos garante a vitória final



Imagem emprestada do site 
http://entretenimento.ne10.uol.com.br/
coluna/o-amor-que-guardei-para-mim/noticia/2016/08/11/ 

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Espera em Deus...

.
Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.
Isaias 40:31
                                                                                      

Esperar em Deus é renovar as forças, a esperança e usar a fé a cada momento, não importa as circunstâncias, tampouco a dimensão da adversidade. Esperar em Deus não é somente o que nos resta, é o melhor a fazer!




Mensagem de M.S.Moraes;
Imagem do site
http://ieabestreladovale.comunidades.net/index.php

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Obra Missionária

Poesia de Eliude Marques
Um chamado, um anseio, uma esperança;
um olhar se evolando na distância;
uma voz cujo eco não se cala;
uma fé que ninguém pode arrancá-la;
um espírito rendido em oração;
uma vida doada – o coração.

Obra missionária!
Campo aberto da mais febril batalha.
Luta sem par das trevas com a luz,
guerra que é feita em nome de Jesus!

Se Deus te chama, apressa, meu irmão,
é tempo de cumprir tua missão
aqui, ali, além, seja aonde for,
estando na vontade do Senhor!

África, índia, América, o mundo inteiro
precisa crer que Deus é verdadeiro.
Que não é mito, é vivo, santo, eterno
e quer livrá-lo do tão vil inferno.

Brasil, Ásia, Europa, o mundo inteiro
espera pelo crente brasileiro.
Um povo que está cheio de poder
e que na Obra missionária crê.

Certo está de que Quem o convocou
o necessário providenciou,
e há de prover toda a necessidade,
porque Sua Palavra é a verdade.

Obra missionária!
Da Suécia teu brado nos ergueste
e arraigada entre nós permaneceste,
e até hoje o amor dos que venceram
arde na vida dos que o receberam.

Joel Carlson, Daniel Berg, Gunnar Vingren:
pés que na terra nunca descansaram,
santos que deram todo o coração,
vidas de fé que não se apagarão.

Obra missionária!
África negra, África escrava,
legado de trabalho que imigrava
à nossa Pátria em tempos de outrora.
Ergue-te, pois, Brasil, é tua hora
de lembrares que foste libertado
e a África ainda é escrava do pecado...

Se Cristo te chamou e ainda chama,
vai, porque grande é a multidão que clama.
Se Deus chamar-te, moço, é que precisa,
vai, que o Senhor se responsabiliza!

Se Deus comissionou urgentemente,
deixa tua pátria e deixa tua gente
em busca de almas de criança e velho,
e esse Deus que chamou para o dever,
há de te sustentar com seu poder,
na transmissão do seu santo Evangelho!


Oremos pela África!

domingo, 17 de setembro de 2017

A Parábola do Vaso Rachado

Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel (Jeremias 18;6)


Um carregador de água na Índia levava dois potes grandes, ambos pendurados em cada ponta de uma vara a qual ele carregava atravessada em seu pescoço. Um dos potes tinha uma rachadura, enquanto o outro era perfeito e sempre chegava cheio de água no fim da longa jornada entre o poço e a casa do chefe. O pote rachado chegava apenas pela metade. 
Foi assim por dois anos, diariamente, o carregador entregando um pote e meio de água na casa de seu chefe. Claro, o pote perfeito estava orgulhoso de suas realizações. Porém, o pote rachado estava envergonhado de sua imperfeição, e sentindo-se miserável por ser capaz de realizar apenas a metade do que havia sido designado a fazer. 
Após perceber que por dois anos havia sido uma falha amarga, o pote falou para o homem um dia, à beira do poço: 
–  Estou envergonhado, quero pedir-lhe desculpas. 
– Por quê?, perguntou o homem. - De que você está envergonhado? 
– Nesses dois anos eu fui capaz de entregar apenas metade da minha carga, porque essa rachadura no meu lado faz com que a água vaze por todo o caminho da casa de seu senhor. Por causa do meu defeito, você tem que fazer todo esse trabalho, e não ganha o salário completo dos seus esforços, disse o pote. 
O homem ficou triste pela situação do velho pote, e com compaixão falou:
–  Quando retornarmos para a casa do meu senhor, quero que percebas as flores ao longo do caminho.
De fato, à medida que eles subiam a montanha, o velho pote rachado notou flores selvagens ao lado do caminho, e isto lhe deu ânimo. Mas ao fim da estrada, o pote ainda se sentia mal porque tinha vazado a metade, e de novo pediu desculpas ao homem por sua falha. Disse o homem ao pote: 
– Você notou que pelo caminho só havia flores no seu lado do caminho? Notou ainda que a cada dia, enquanto voltávamos do poço, você as regava? Por dois anos eu pude colher flores para ornamentar a mesa do meu senhor. Sem você ser do jeito que você é, ele não poderia ter essa beleza para dar graça à sua casa. 
*     *     *
Ninguém é inútil para Deus, Ele em sua grandeza sabe aproveitar as virtudes e as limitações que cada um de nós temos, afinal somos todos imperfeitos,  mas Deus não nos vê como nos veem os homens.

domingo, 10 de setembro de 2017

Exercite sua fé

Respondeu-lhes o Senhor: Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Arranca-te e transplanta-te no mar; e ela vos obedecerá (Lucas 17;6).
Por vezes nos momentos difíceis a fé nos falta, então nos sentimos fracos e desamparados, dobramos os joelhos e tudo que conseguimos fazer é chorar. Saiba, porém, que suas lágrimas são uma sincera oração, com elas você pode tocar o coração de Deus. Acontece também que nas dificuldades nos voltamos mais para Deus. Dedicamo-nos a orar e nos consagrar porque desejamos o favor de Deus. De modo que as dificuldades nos trazem experiências. Se houve murmuração prologamos o caminho que nos leva a linha de chegada, se usamos a fé como escudo chegaremos mais rápido ao lugar da vitória. Não importa quão pequena é sua fé, importa confiar sempre na grandeza do seu Deus. Medita nisso. Exercite sua fé.




domingo, 3 de setembro de 2017

XV Conferência Missionaria - AD

De 31 de agosto a 2 de setembro deu-se XV Conferência Missionária desenvolvida em torno do tema:  “Missões, juntos anunciando Cristo às nações”. O Departamento de Missões da Assembleia de Deus em Mossoró – DEMADEM – coordenado pelo pastor Francisco Vicente de Oliveira (Diretor) e Laércio Fernandes (Vice-diretor), contou com a participação de vários departamentos ao longo desses três dias de congresso. Na quinta feira à tarde foi a vez do Círculo de Oração, coordenado pela Irmã Aparecida Borges, Suzana Galvão e Helení Frimino participar da programação. Além do Cântico de Ana, regido pela irmã Morenita, participaram do evento as coordenadoras dos setores, dirigentes de círculo de oração, com suas vices e secretárias, enfim um grande exército de mulheres que oram e se alegram por estarem na casa do Senhor. A exposição da palavra foi proferida pelo Missionário Raimundo Nonato. No final da tarde, o Missionário Lira fez o encerramento com uma saudação e fervorosa oração pedindo cura e batismo no Espírito Santo.